Missões Transculturais é a tarefa mais cara a ser realizada pela igreja, não simplesmente pelos custos, nem pela dificuldade da tarefa, mas pelo preço pago por quem é enviado, o preço de deixar os parentes, os amigos, os bens, a pátria,  e esse preço torna-se  em um peso emocional para os missionários.

<iframe width=”0″ height=”0″ src=”//www.youtube.com/embed/uaWwykVt-K8″ frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

Muitas vezes as pressões pelo desempenho geram desgaste nas forças espirituais, emocionais e físicas, com o passar dos anos esse desgaste catalizado pelo afastamento dos entes queridos e isolamento causam prejuízos ao ministério, diminuindo o impacto do Evangelho na vida dos que ouvem as boas novas.

A Missão Reviver ciente dessa necessidade emocional  e comprometida com a tarefa de revitalizar a obra missionária ao redor do mundo, tem promovido encontros de missionários no oeste Africano no intuito de oferecer aos missionários brasileiros que laboram na região um momento de refletirem sobre a importância do trabalho desenvolvidos por eles na pregação da Palavra, além de proporcionar um ambiente de interação que possibilita um refrigério em suas vidas ministeriais.

O Evento que já está em sua quarta edição têm unido os brasileiros que deixaram a nossa pátria para dedicarem suas vidas para pregar a palavra naquele continente,  promovendo a integração dos missionários brasileiros derrubando as barreiras denominacionais e ideológicas através do companheirismo, amor e apoio mútuo.

Os encontros tem possibilitado que mesmo em terra estrangeira os missionários possam ter momentos de viverem sua própria cultura onde eles podem interagir com irmãos de sua própria nacionalidade, e cultuar em seu próprio idioma.

O evento deste ano será realizado no mês de outubro e é esperado que a presença de pelo menos 50 missionários, oremos para o Senhor possa se utilizar novamente da ocasião para renovar esses homens e mulheres que dedicam as suas vidas para semear a preciosa semente.